Arquivo de Julho, 2010

Belmiro Pimentel: “Eu… Tive um sonho”

Posted: 17 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “dezanove – notícias e cultura LGBT em português”

Para quê mais Palavras, está aqui tudo dito…

LÊ AQUI

PORTUGAL: 5ª Marcha do Orgulho LGBT no Porto

Posted: 15 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “Portugalgay.pt”

Foi no passado fim-de-semana que aconteceu mais uma edição da Marcha do Orgulho LGBT na cidade do Porto revelando-se um sucesso.

Este evento que teve a sua génese com a brutal morte de Gisberta Salce Junior, em 2006, vem a cada edição aumentando os seus participantes, e este ano não foi excepção. As quinze entidades que organizaram esta edição mostravam-se satisfeitas pela conquista de mais manifestantes, e cada vez mais pessoas heterossexuais que se juntaram para mostrar que esta não á uma causa apenas de pessoas LGBTs mas de toda uma sociedade.
….

Destaque para o discurso de Belmiro Pimentel, que elevou o nível afirmando-se como agente da PSP, ele que tal como os restantes manifestantes estava rodeados de colegas polícias e que terão escutado as suas palavras.

Pode LER AQUI e ver foto-reportagem do evento

Caso gay choca comunidade cigana e acaba aos tiros

Posted: 12 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “TVI Online”

Um tiroteio no bairro Carlos Botelho, na Picheleira, fez dois feridos ligeiros entre a comunidade cigana. Na origem dos confrontos está a honra cigana manchada por um caso de homossexualidade.

VER AQUI

Polícia vai ter formação para crimes homofóbicos

Posted: 12 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “dezanove – notícias e cultura LGBT emPortuguês”

A ILGA Portugal vai promover acções de formação junto das forças policiais nacionais para alertar as autoridades para os crimes homofóbicos. “O objectivo do primeiro projecto de formação sobre crimes homofóbicos é tornar as forças policiais aliadas dos cidadãos LGBT. Iremos ainda promover formações junto destas entidades e monitorizar de várias formas os crimes de ódio e o porquê que a motivação por orientação sexual deve ser considerada uma agravante”, disse ao dezanove Joana Almeida, assessora da ILGA Portugal. Este projecto, que conta com a colaboração do Ministério da Administração Interna, engloba nove países e tem, em Lisboa, tem a esquadra do Bairro Alto/Príncipe Real como parceira. Está ainda prevista a criação de um site para que as denúncias de crimes homofóbicos partam da própria sociedade civil.

As conquistas passadas e as lutas futuras em marcha LGBT no Porto

Posted: 11 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “Jornal SOL

A 5.ª Marcha do Orgulho LGBT no Porto decorre hoje, a partir das 16h, esperando a organização um aumento do número de participantes num ano de «celebração pelas conquistas conseguidas», como o casamento homossexual, mas também de «início de novas lutas»

Nuno Moniz, da organização da 5ª Marcha do Orgulho LGBT no Porto …

«Esperamos que seja uma grande celebração, nesta luta por uma sociedade que reconheça a diversidade. Foi um ano de conquistas mas também de abertura para novas lutas e continuação de outras, entre elas a da adopção, co-parentalidade, inseminação artificial e direitos dos transexuais», realçou.

Centenas de pessoas na 5ª Marcha do Orgulho Gay no Porto

Posted: 11 de Julho de 2010 by Belmiro Pimentel in Uncategorized

IN “SIC Online

Pela parentalidade, pela adoção, pela igualdade de género e, sobretudo, contra a discriminação. Foram estas algumas das motivações que levaram este sábado centenas de pessoas a participar na 5. Marcha do Orgulho LGBT, no Porto, uma celebração pelas últimas conquistas.

Segundo Marta Pereira, membro da organização, “neste momento a grande questão é a parentalidade e a adoção”, acrescentando que outro tema muito importante “prende-se com a igualdade de género relativamente ao acesso médico, para que as pessoas possam de uma forma mais rápida e mais acessível” mudar de sexo.
….

Marta Pereira salientou ainda o “enquadramento muito abrangente” da organização deste ano da marcha, identificando o Grupo XY, da polícia, os sindicatos, os partidos políticos e as associações com trabalho na esfera dos direitos humanos.

IN “LUSA” de “Margarida Cotrim”

Nuno Moniz, da da organização da 5ª Marcha do Orgulho LGBT no Porto, disse à Lusa esperar que esta edição seja um “sucesso”, realçando que houve “um alargamento considerável de organização e de forças que animam a marcha”, com início marcado para as 16:00 na Praça da República.